A Atuação do Supervisor Escolar Frente aos Desafios da Avaliação da Aprendizagem

A avaliação da aprendizagem discente não se configura como uma temática de discussão recente no âmbito educativo, contudo é motivo de dúvidas e discordâncias constantes na realidade escolar. Como uma forma de ampliar a reflexão sobre essa temática, este estudo objetiva discutir o papel do supervisor escolar diante do processo avaliativo, buscando elucidar como a atuação desse profissional pode favorecer a interlocução de ideias e a concretização de uma avaliação menos autoritária na escola. A pesquisa constitui-se como bibliográfica, realizada por meio de uma abordagem exploratória, que busca traduzir os resultados a partir de uma perspectiva qualitativa. Fontes de referência na temática foram consultadas, como Luckesi (2002) e Hoffmann (2009), e constatou-se que, por meio do papel articulador delegado ao supervisor escolar, é possível que sejam propostas discussões e análises envolvendo a comunidade escolar, em especial os docentes, de forma que a avaliação possa ser questionada e discutida. Assim, torna-se possível a concretização de uma avaliação mediadora e que colabore com o processo de ensino-aprendizagem e com a transformação social.