AUDITORIA EM SAÚDE: ABRANGÊNCIA DE ESTUDOS DISPONÍVEIS

Este trabalho teve por objetivo realizar a análise da produção científica disponível acerca das auditorias em saúde no Sistema Único de Saúde, discorrendo acerca dos contextos em que se deram as abordagens. Foi observado que a literatura disponível acerca das auditorias em saúde é escassa, condição esta que pode ser compreendida por se tratar de um instituto recente dentro da saúde pública. Contudo, não obstante a escassez de produção científica, as disponibilizadas e validadas para este estudo demonstraram que as auditorias no Sistema Único de Saúde são ferramentas relevantes de gestão, presentes em todas as áreas de saúde viabilizadas pelo SUS, medicina, enfermagem e odontologia, que além de meios de identificação de falhas, contribui sobremaneira para o fornecimento de dados para a reavaliação da prestação do serviço de saúde e atenção em saúde, no sentido de aperfeiçoar as políticas, práticas e procedimentos existentes, oportunizando uma oferta de serviço de qualidade, bem como da otimização da relação custo e benefício. Espera-se que as informações contidas neste trabalho possam contribuir com informações relevantes para a auditoria em saúde e para a área de saúde pública, suscitando subsídios para novos estudos