ENSINO DE HISTÓRIA E PATRIMÔNIO CULTURAL: COMO ESTRATÉGIA PARA A IDENTIDADE SOCIAL

Este estudo se debruça na proposta de analisar a importância da temática do Patrimônio Cultural como recurso do Ensino de História, atentando para uma relação entre Identidade e Memória. Faz-se necessário analisar a visão dos discentes referentes à disciplina de história e os fatos históricos como algo descontextualizado do seu cotidiano, levando-os ao desinteresse pela disciplina de História, como por determinados valores socioculturais. Referente a essa visão o docente deve, buscar envolver o aluno em um sentimento de pertencimento e valorização da sua própria história, cultura e criação de sua identidade – conforme os Parâmetros Curriculares nacionais – PCNs (Brasil, 1997). As estratégias e dinâmicas de ensino relacionadas ao Patrimônio Cultural buscam garantir a valorização e a difusão dos bens materiais e imateriais, bem como permitir o surgimento das identidades e a preservação das memórias.