ESPORTE E LAZER NA TERCEIRA IDADE: ESTRATÉGIA DE INCLUSÃO PARA UMA VIDA SAUDÁVEL

Em diversos municípios no Brasil, e até mesmo em diversos países, vem sendo estudadas políticas públicas voltadas a estratégias de inclusão da terceira idade em atividades esportivas, físicas e de lazer, que otimizem a qualidade de vida deste público. Essa iniciativa, conforme descrito em várias pesquisas, corroboram para a diminuição dos gastos públicos com a saúde do idoso, pois é um importante meio de promoção e prevenção à saúde dos cidadãos desta faixa etária. Pesquisadores afirmam que a inclusão do idoso em atividades físicas, esportivas e de lazer contribui em vários aspectos para que o idoso modifique a vida sedentária pelo movimento físico, mental e social. As pessoas idosas que participam deste movimento desenvolvem hábitos mais saudáveis, envolvem-se mais socialmente, pois o hábito contribui com a redução de desenvolvimento de doenças físicas e mentais, assim dizem os cardiologistas e geriontologistas, e essa fala vem sendo unânime. Entretanto, ainda existem municípios que não partilham da mesma opinião. O objetivo desse trabalho é descrever estratégias para a inclusão do idoso nas atividades oferecidas pelo Programa de Esporte e Lazer na Cidade – PELC, que esta sendo recentemente implantado em Sete Lagoas - MG. A metodologia consiste na interpretação dos textos e pesquisas, a fim de identificar aspectos motivadores para a inclusão e permanência da pessoa idosa nos programas voltados a atividades esportivas, físicas e de lazer, para atingir o objetivo aqui proposto.