IGUALDADE DE DIREITOS PARA
O EMPREGADO DOMÉSTICO

Como vimos, ao longo da história, a valorização do empregado doméstico foi ocorrendo lentamente até a promulgação da Emenda Constitucional 72/2013, deflagrando-se um marco para a história dos empregados domésticos, pois neste momento foi criado a PEC das Domésticas, ampliando ali o rol de direitos desses trabalhadores, conquistados por direitos iguais e abrangidos a outras categorias. Neste artigo veremos que os processos de evolução para o desenvolvimento e igualação dos direitos dos empregados domésticos e urbanos foram de grande importância para o engrandecimento dos direitos dos trabalhadores, já que o Brasil é caracterizado desde a escravidão por explorar e fomentar o labor sob a categoria doméstica. A PEC foi com certeza um marco na história, marcada desde os últimos anos por lutas e reivindicações por direitos iguais e melhores condições de empregabilidade a essa nova realidade que vivemos atualmente.