INCLUSÃO: CONDIÇÕES DE BASE PARA ESCOLAS ACOLHEDORAS

O presente artigo tem como bjetivo identificar as possíveis necessidades ou dificuldades encontradas pelo professor no trabalho realizado com o aluno com necessidades educacionais especiais no sistema regular de ensino. A importância desta investigação justifica-se em ampliar o conhecimento dos profissionais da escola, adquirir uma visão prática da realidade das propostas pedagógicas, respeitando o direito de igualdade e oportunidades de todas as crianças. Procura-se ainda por meio deste estudo apontar os fatores que podem dificultar a prática inclusiva e verificar até que ponto os profissionais da Escola Municipal de Divisa Alegre estão preparados para receberem alunos portadores de necessidades especiais e quais as estratégias pedagógicas que utilizam. Para enriquecimento da pesquisa, apoiou-se em pesquisa bibliográfica de autores como: BAPTISTA, C.R.; BOSA, C (2002); CARVALHO, (2000); FACION, J. R. (2008); FERREIRA, (2005); FIGUEIREDO, C.R.A; ARAUJO, M.V.; CARREIRO, L.R. (2010); PRADO, M. E. B. B.; FREIRE, F. M. P. (2001); RODRIGUES, (2003); SAVIANI, (1991), dentre outros que dedicaram seus estudos sobre o tema inclusão e os desafios impostos aos professores no sistema regular de ensino.