Importância dos Microrganismos Encontrados em Pacientes Internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN)

Os microrganismos presentes em uma unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN), de um hospital privado da capital de Porto Velho/RO, foram pesquisados com o intuito de analisar a importância destes no uso de antibióticos em relação as que foram identificadas por meio de culturas. Os dados foram coletados, através de resultados de exames laboratoriais, no período de janeiro a dezembro de 2017. Das 70 amostras, o resultado foi significativo para as bactérias, como: Klebsiella pneumoniar e Staphylococcus epodermidis que estiveram mais presentes, seguidos assim de, Enterobacter aerogenes, Pseudomonas aeruginosa, Morganella morgannii, Acinetobacter baumannii, Escherichia coli, Pseudomonas stutzeri, Staphylococcus aureus, Lactobacillus spp e Serratia marcescens. Encontrou-se uma prevalência de microrganismos resistentes aos antimicrobianos.