O CONTRATO SOCIAL EM ROUSSEAU

O artigo tem como objetivo demonstrar que o conceito de liberdade fundamentado por Rousseau é a origem da degeneração do homem, que ao cederem seus direitos à comunidade, os indivíduos não fazem mais do que trocar a liberdade natural ou “animal” pela liberdade social, de cidadãos, criaturas racionais e obedientes a lei. O governo é simplesmente o agente executivo do Estado, representante da vontade geral do povo, e sua função não é formular a vontade geral, mas somente executá-la, portanto a comunidade pode destituir o governo sempre que desejar, pois o governo serve para garantir a vontade da maioria e preservar os direitos que são os direitos naturais à vida e a liberdade, e a propriedade é um direito civil por contrato.