O Sistema prisional brasileiro e sua falha na reabilitação de detentos

O presente trabalho científico pretende fazer considerações acerca do instituto jurídico da ressocialização dos detentos contida na LEP – Lei de Execução Penal. Será feita uma abordagem histórica sobre o assunto, bem como demonstrado os efeitos do sistema criminal brasileiro nas vidas dos detentos bem como na vida da sociedade de forma geral. Será demonstrado que a falha no sistema está inserida na inaplicabilidade dos preceitos contidos na própria LEP, bem como a falta de criação de medidas públicas eficazes no combate a marginalização, bem como na criação de ferramentas que possam reabilitar o condenado ao convívio pacífico na sociedade.

Palavras-Chave: Brasil. Sistema. Ressocialização.