O papel do supervisor pedagógico diante das novas tecnologias

Este artigo é resultado de um estudo teórico que objetivou conhecer e avaliar o papel do supervisor pedagógico frente ao uso das novas tecnologias. Este fato é assunto de destaque no meio educacional, pois a introdução das novas tecnologias é hoje, uma realidade nas escolas. O supervisor pedagógico, nesse contexto, é um profissional com características próprias que define, na maioria das vezes, o trabalho docente a ser desenvolvido. Por isso, a partir da fundamentação teórica, defendeu-se o papel do supervisor pedagógico e de suas relações com as novas tecnologias inseridas na escola em que trabalha, subsidiando em autores como Ferreira (1999); Demo (2005); Luck (2005); Gouveia (2008); Perrenoud (2000); Levy (1994); Werneck (2003) e outros como fontes esclarecedoras sobre o tema abordado. Partiu-se do pressuposto de que cabe à educação, como propulsora do desenvolvimento de competências e habilidades, articular o ensino e o uso do computador, efetivamente, em todas as áreas do conhecimento. Diante disso, o supervisor pedagógico tem o papel de motivador e estimulador para o uso das novas tecnologias na escola, discutindo, avaliando e propondo caminhos que favoreçam a efetivação da parceria supervisor pedagógico, professores e alunos.

Palavras-chave: Supervisor Pedagógico. Escola. Tecnologias.