Os cuidados que o dentista deve ter para o atendimento do paciente com diabetes melito – revisão de literatura

O diabetes melito é uma doença crônica que representa um dos mais importantes problemas de saúde no mundo. No Brasil, essa doença já atinge cerca de 13 milhões de pessoas. A chance de o dentista atender um paciente portador dessa doença é significativa. No paciente diabético, a concentração de glicose no sangue torna-se elevada na hiperglicemia (glicemia em jejum maior que 125 mg/dL) e baixa na hipoglicemia (glicemia em jejum menor que 70 mg/dL). Essa alteração na glicose sanguínea, acima de 125 mg/dL, é considerada o diabetes descontrolado e com o passar dos anos leva a problemas no organismo, como a dificuldade de cicatrização de feridas em várias partes do corpo. Existem algumas doenças bucais que se manifestam no diabético descontrolado: doença periodontal, candidíase bucal e xerostomia. O objetivo desta revisão é mostrar os cuidados que o dentista deve ter ao atender o paciente diabético.
PALAVRAS-CHAVE: Diabetes melito. Emergência odontológica. Doenças periodontais.