EDUCAÇÃO FÍSICA NA ÁREA DE LINGUAGENS: TEMÁTICAS INVESTIGATIVAS E METODOLOGIA DE PROJETOS

Isabel Porto Filgueiras; Mirvane Dias Souza; Bruno Freitas Meireles

A educação é o processo pelo qual crianças e adolescentes têm acesso aos conhecimentos e valores construídos em um determinado contexto histórico-cultural sendo determinante na formação de sujeito. A Educação Física inspirada nas teorias críticas e pós-críticas propondo como objeto de estudo a cultura corporal e inserida na área de linguagens assume um importante papel educacional. O objetivo deste trabalho foi discutir estratégias de organização do currículo na área de linguagens de modo a contemplar a cultura corporal como objeto complexo da área de linguagens e de sua integração ao projeto pedagógico da escola. Com base nos estudos de Paulo Freire que propõe uma educação libertadora, fundamentada na práxis: ação e reflexão sobre o mundo e na participação dos educandos na construção democrática do currículo, marcas da pedagogia dialógica crítica e reflexiva e Bakthin para quem as linguagens são fenômenos sociais que se desenvolvem por processos de enunciação que não se restringem às relações concretas de interação entre os interlocutores o texto propõem reflexões acerca das possibilidades de desenvolvimento das aulas de Educação Física a partir de temas geradores e projetos mediante um tratamento problematizador e integrativo da Educação Física na área de Linguagens. Conclui-se que aprofundar a compreensão dos professores sobre o papel da linguagem nas interações humanas pode favorecer o tratamento integrado da cultura corporal na área de linguagens.

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top