A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO PRÁTICO – TEÓRICO, NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA, NO DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO CRÍTICO DO ALUNO DE ENSINO MÉDIO

Ricardo de Melo Dias; Vânia Cristina Dipe; Edison Jesus Manoel

Para as ciências sociais, uma teoria desligada da prática não chega sequer a ser uma teoria, a prática é sempre uma das aplicações possíveis da teoria. A educação física é historicamente associada ao “fazer” distinto do “compreender” e por isso é vista como uma atividade de natureza “prática”. Essa distinção não só é equivocada do ponto de vista da cognição humana como desconsidera que toda ação motora depreende um conjunto de conhecimentos ainda que eles não possam ser declarados. Conceber uma educação física sem extremos (totalmente prática ou somente teoria) é o nosso propósito resgatando assim o sentido do mover-se humano, de forma intencional e consciente. Nesse sentido, o presente estudo consistiu de uma revisão bibliográfica onde se procurou identificar os elementos que dessem sustentação para uma associação entre teoria e prática nas aulas de educação física no ensino médio tendo como objetivo o desenvolvimento do pensamento crítico do aluno. A metodologia utilizada foi a Pesquisa Aplicada Qualitativa Exploratória Bibliográfica. O trabalho desenvolveu-se em torno de três eixos: conceitos de teoria e prática; conteúdos de educação física; propostas de conteúdos e estratégias no desenvolvimento do pensamento crítico. Nossa reflexão caminhou no sentido de estabelecer intersecções entre esses eixos de forma a delinear possíveis caminhos para o desenvolvimento da educação física no ensino médio

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top