Brincando com Medidas Corporais nas Aulas de Educação Física

Denise Miranda de Carvalho; Ana Cristina dos Reis; Vânia Cristina Dipe

De acordo com Manoel (2008) uma das implicações de se adotar uma visão sinergética do desenvolvimento é a de que a construção do conhecimento infantil se dá pela contextualização de movimentos em diferentes modos de ação. Ações envolvem intenções, significados (tradições, valores), em um determinado contexto (físico, histórico, social), diferenciando-se de um “simples” ato de fazer ou se movimentar. Dessa forma, a criança torna-se sujeito de seu próprio desenvolvimento. O objetivo do presente estudo foi o de relatar uma experiência em aulas de Educação Física com intuito de criar situações para a construção das ações motoras. A aula foi realizada, durante 50 minutos, para 25 crianças, na faixa etária de 4 anos, de ambos os sexos, do período da Educação Infantil, na Escola Municipal Sagrado Coração de Jesus, na cidade de Muzambinho-MG. Com o tema “Brincando com as Medidas Corporais”, objetivou-se oferecer oportunidades para criança vivenciar ludicamente as unidades de medidas, utilizandose de um “elástico” (como um instrumento apropriado para a tarefa) e assim, proporcionar o fazer e compreender. Elkind (1972 ) classificou 3 estágios distintos que a criança executa para medir: primeiro, medida portátil dependente do corpo; segundo, medida portátil mas, independentes do corpo (como no uso do elástico); terceiro, medidas utilizando instrumentos próprios para medições. O autor assegura que a criança nesta fase escolar, por possuir o pensamento centrado, tem dificuldade para integrar duas ou mais partes. Desta forma, a medida do comprimento do próprio corpo ou de objetos, exige da criança uma capacidade cognitiva ainda em construção. O julgamento de duas direções ao mesmo tempo é limitado. A aula, teve inicio com a professora dialogando, questionando sobre medidas corporais e comparando partes do corpo de uma determinada criança com as dos seus colegas. Logo em seguida, foi oferecido um elástico e um papel, para anotar as medidas corporais encontradas. Durante a tarefa observou-se que as crianças esticavam o elástico para medir varias partes do corpo, sem preocupação de obter uma ordenação e organização no seu fazer. Uma criança posicionava o elástico sobre o pé do colega sem assegurar-se de que o instrumento estaria envolvendo todas as partes do membro medido. Outra criança preocupou-se em medir a corrida do colega, assim posicionou o elástico para trás, segurando-o com uma mão e correu junto ao colega. Outra ainda, querendo medir o saltitar do companheiro, posicionou o elástico esticado na frente do amigo, que saltitava seqüencialmente. Cada vez que a criança media o agir do colega ou as partes do corpo, ela anotava as medidas na folha de papel. As medidas foram representadas por meio de riscos e círculos (rabiscos) e, ou números digitais, ainda mal definidos. Nos seus comentários, observou-se o surgimento de diferentes valores de medidas como seiscentos graus (600°), cinco reais (R$5,00), zero e cem (0 e 100) entre outros. A criança, limitada na sua forma de pensar, mostrava uma visão parcial dos acontecimentos, ficando presa em um dos aspectos (media o pé, sem preocupar- se com posição do elástico, se este estava arrumado de uma forma que abrangesse todo o membro). Como todas as crianças apresentaram uma visão parcial de medidas corporais, e dificuldades de relacionar uma extremidade a outra, é preciso maior investigação e reflexão nas aulas práticas de Educação Física que exigem noções de integrações corporais. Nesta aula, foi possível verificar que a criança deformava a realidade para poder assimilá-la e mais tarde compreendê-la. Desta forma, o profissional de Educação, quando oferece um meio significativo e contextualizado para a criança, estará também, proporcionando a construção do fazer e do compreender, ou seja, a construção do modo de ação com qualidade.

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top