MUDANÇAS PARA UMA EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA NA ESCOLA

Régis Alexsandro Taveira Teixeira

O pensamento de integração, dos deficientes físicos, vem das décadas de 60 e 70 com o intuito de torná-los capazes de viverem em sociedade dentro de suas limitações. Gradativamente as dificuldades foram sendo trabalhadas e idéias novas foram surgindo, como a da inclusão que consiste em incluir todos os indivíduos com deficiência na sociedade, mas com modificação da sociedade em geral de forma a respeitar cada deficiente. Antigamente os deficientes eram vistos como aberrações pela sociedade devido a pensamentos distorcidos da realidade que eram impostos sobre a sociedade. Desta forma os familiares e pais de deficientes sentiam vergonha de tê-los e logo os escondiam e não procuravam ajuda para tratá-los e introduzir estes na sociedade. Porém estudos na área médica, pedagógica e da Educação Física começaram a ganhar espaço e iniciaram um processo de esclarecimento para a população sobre o tema, além da família também buscar ajuda para seus entes queridos, assim esta pesquisa mostra como vem sendo o progresso dos deficientes em diversas áreas e o que tem sido feito para incluí-los na sociedade e principalmente como é o cotidiano deste no meio escolar

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top