O CURRÍCULO CULTURAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA REDE SESI-SP DE ENSINO: uma análise a partir da diferença

Arthur Muller; Hugo Cesar Bueno Nunes; Marcos Garcia Neira

As transformações sociais das últimas décadas repercutiram enormemente na escola, modificando sua função e, principalmente, o público que a frequenta. Para responder à nova demanda, sistemas públicos e privados têm elaborado propostas curriculares alicerçadas em variados matizes. Entre elas, sobressaem aquelas que conferem especial atenção ao trato com as diferenças. No caso da Educação Física, a perspectiva cultural parece atenta ao fato e procura desenvolver uma experiência pedagógica sensível ao novo desenho social, comprometendo-se com a formação de identidades democráticas. Partindo dessa premissa, o presente estudo analisou a proposta curricular de Educação Física da rede de ensino SESI-SP, considerando que a mesma adota o referencial cultural como estofo conceitual. O documento foi analisado e os princípios que o subsidiam confrontados com a teorização cultural. Concluiu-se que a proposta atribui relevância ao trato das diferenças em sala de aula

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top