O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DE SABERES POR PROFESSORESPESQUISADORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM UMA COMUNIDADE COLABORATIVA

Luiz Sanches Neto

Nas teorias educacionais e nas políticas públicas orientadas à profissionalização do
magistério, perpassando a noção de profissionalidade docente, espera-se que os
professores que trabalham na Educação Básica elaborem seus próprios saberes em
um processo de formação permanente. Contudo, parece haver certa noção de
dependência desses professores aos especialistas da área à medida que os aportes
teoricometodológicos apontam que a mediação entre escola e universidade caberia
ao pesquisador "acadêmico". No entanto, a concepção de professor-pesquisador
poderia indicar avanços na dimensão de se pensar para além da divisão entre
pesquisa escolar e acadêmica, ou entre professores-pesquisadores e pesquisadores
acadêmicos. Partimos do pressuposto de que a prática profissional engendra uma
epistemologia, cabendo a nós - professores e pesquisadores - desvelá-la. Portanto,
apontamos como objetivo geral compreender o processo de elaboração de saberes
por professores de que pesquisam sua própria prática pedagógica. Tratamos
especificamente de investigar o modo como os professores organizam o ensino e a
pesquisa em relação à Educação Física na escola. O objetivo específico da nossa
investigação remete, assim, a: identificar como os professores organizam o ensino e
a pesquisa com base no compartilhamento de saberes em um processo permanente
e coletivo de formação profissional. Optamos pela pesquisa qualitativa, envolvendo
procedimentos metodológicos colaborativos com um grupo de professores de
Educação Física da Educação Básica que buscam refletir coletivamente sobre as
suas práticas em um tipo de comunidade autônoma de professores. Convidamos
doze participantes dessa comunidade para nossa pesquisa. Para a geração e a
análise dos dados junto aos participantes propusemos como técnicas: fonte
documental, entrevista semiestruturada, grupo focal e análise de conteúdo. Os
resultados indicaram que os participantes ressaltaram influências acadêmicas e
familiares no seu processo pessoal de elaboração de saberes. Quanto ao modo de
pesquisa, os participantes compartilharam predominantemente noções sobre
pesquisa-ação e, quanto ao modo de ensino, apontaram indícios de um certo tipo de
sistematização dos princípios curriculares.

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top