SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA NA PROPOSTA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA DO ESTADO DE SÃO PAULO: UMA ANÁLISE DOCUMENTAL

Thiago Villa Lobos Mantovani, Adriano José Rossetto Junior, Daniel Teixeira Maldonado , Marco Antonio Uzunian

Diante da realidade atual, na qual grande parte das tarefas cotidianas agrega modificações significativas no estilo de vida da população, as práticas pedagógicas da disciplina de Educação Física Escolar e as propostas curriculares passam a adquirir grande relevância. Nesse sentido, esta pesquisa objetiva identificar, avaliar, debater e quantificar as práticas corporais, propostas nos documentos orientadores do Estado de São Paulo, que se relacionam ao eixo Saúde e Qualidade de Vida. Em relação ao eixo temático Saúde, avaliou-se que a quantidade de conteúdos oferecidos representa 37,3 % do total de conteúdos no segundo ciclo do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Porém, nos conteúdos, as propostas de práticas pedagógicas se associam, prioritariamente, aos aspectos biológicos da saúde. Outro aspecto observado está na desvinculação do currículo a realidade da unidade escolar. Concluiu-se ser necessário avanço na formação continuada dos professores, assim como relacionar as Propostas Curriculares ao Projeto Político Pedagógico das escolas.

Participe você também da maior rede acadêmica da Educação Física Escolar. Entre em contato se tiver mais dúvidas.

rebescolar@rebescolar,com

 

Tel. +55 (11) 98508-7766

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Bottom

Top